Logo ABORL-CCF

Cirurgia do Ronco e Apneia

A cirurgia do Ronco e Apneia é conhecida como Uvulopalatofaringoplastia. Tem indicação em casos específicos, quando o paciente tem anatomia do palato mole favorável e/ou amígdalas aumentadas.

Como é feito?

A cirurgia do Ronco e Apneia é realizada por dentro da boca, sem cicatriz externa. É retirada as amígdalas e feito uma plastia com pontos a fim de aumentar o espaço para melhorar a passagem do ar. É feita em ambiente hospitalar, sob anestesia geral e com internação de 1 dia.

Pode ser necessário a associação com outros procedimentos como: cirurgia do septo nasal (septoplastia), turbinectomia e remoção de outros fatores obstrutivos como pólipos nasais.

Recuperação

No pós-operatório, a dor é variável de pacientes para paciente, analgésicos potentes são administrados durante a internação. A dieta deve ser liquida e fria para facilitar a deglutição.

Os pontos que ficam na garganta não precisam ser retirados, pois são absorvíveis pelo organismo.

Nos primeiros dias após a cirurgia o paciente já apresenta melhora do ronco e apneia.