Logo ABORL-CCF

Cirurgia da Amígdala e Adenoide (Carne Esponjosa)

As indicações para amigdalectomia (cirurgia para retirada das amígdalas) é realizada quando há infecções de repetição ou aumento exagerado das amígdalas e que não melhoram com tratamento clínico.

As indicações para adenoidectomia (cirurgia para retirada das adenoides) é realizada quando o tratamento clínico falha. Os sintomas frequentes são: são obstrução nasal causada por seu aumento, respiração bucal crônica, ronco na infância e apneia, dificuldade de deglutição e alterações no desenvolvimento da fala sem outras causas atribuíveis. Há também indicações cirúrgicas por motivos de infecção recorrente da adenoide (adenoidite) ou otites médias recorrentes.

Como é feito?

A cirurgia de amígdala e adenoide é feita em ambiente hospitalar, com anestesia geral. As adenoides e amígdalas, que podem ser retiradas no mesmo ato cirúrgico, são removidas pela boca sem cortes na pele..

Recuperação

Pode ser liberado no mesmo dia, a menos que tenha intercorrência. A dieta nos primeiros dias deve ser fria, líquida ou pastosa. Sorvete é uma ótima opção! No passar dos dias poderá aumentar gradualmente a consistência e temperatura dos alimentos. Logo após a cirurgia é notado pelos pais um sono melhor da criança, respiração mais leve e fim das infecções amigdalianas. É normal notar também certa mudança na voz das crianças. Isto ocorre porque as amígdalas e adenoides, quando aumentadas, atrapalham a ressonância do som, semelhante ao que acontece quando se está com um “nariz gripado”. Ao realizar a cirurgia, a voz volta ao normal.